A arte de fazer uma boa mala

Se a gente tivesse lindos carregadores e um conjunto incrível de malas Louis Vuitton (os dois juntos, por favor), tudo estaria resolvido. Mas quem aqui é Jennifer Lopes?

Fazer uma boa mala de viagem não é algo fácil. Mas também não é impossível.

Os anos de viagens de todos os tipos e para muitos lugares têm me municiado com algumas dicas importantes. Divido aqui com vocês.

Para mim, uma boa mala começa com três perguntas fundamentais.

PERGUNTA 1: Para onde você vai e qual a temperatura por lá?

Acessar Climatempo, Weather Channel ou outra fonte de informações relativamente confiável sobre o tempo ajuda a dar o primeiro foco para sua mala.

PERGUNTA 2: Qual o tipo de viagem?

Se você está viajando a passeio, levará uma mala. Se é a trabalho, terá que privilegiar outros tipos de peças. Se é uma viagem que mistura os dois, então é bom preparar a objetividade para não cair na armadilha de levar o armário inteiro.

PERGUNTA 3: Quanto tempo vai durar o período longe do seu armário?

A duração da viagem é importante na hora de escolher a quantidade de peças a levar. Viagens curtas acabam sendo menos problemáticas porque, mesmo quando exageramos, ainda assim a mala estará dentro dos limites aceitáveis de peso e volume. O excesso, nesses casos, é minimizado pela quantidade de dias fora de casa. Afinal, só pessoas muito extravagantes devem ficar tentadas a levar, por exemplo, duas malas para apenas um fim de semana fora de casa.

O problema, claro, está nas ausências mais longas. Um mês rodando a Europa, por exemplo, é bem mais desafiador na hora de separar o que levar.  Por isso, tenha em mente que 30 dias não significam 30 roupas diferentes. Quanto mais peças versáteis, que não amassem muito, que não sejam claras e que dialoguem entre si, ou seja, componham muitos looks diferentes se combinadas com o restante da mala, melhor.

Munidos dessas respostas, partimos para a SEGUNDA PARTE: preparar o cenário. No próximo post, dicas para um ambiente que vai ter ajudar a fazer a melhor das malas de viagem.

Patrícia Koslinski

Anúncios

~ por patriciakoslinski em 2010/07/15.

4 Respostas to “A arte de fazer uma boa mala”

  1. Oi Patrícia! Adorei a dica. Nossa, eu vou passar um final de semana na casa do namorado e entupo a mala de coisas e acabo nem usando tudo!

    beijos!

  2. Nossa, Pat, como eu precisava ler isso! rsrs Sou a exagerada e não uso quase nada!rsrs Vou reler isso trocentas mil vezes!!
    Escreva mais, please! Valeu!
    beijocas

  3. Oi Patrícia, adorei as dicas! Estou indo quinta-feira para Londres.. Para o curso no Marangoni.. hihihi e estou pelejando para não levar 500 acessórios! =)

    beijos!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: