O que podemos aprender com as crianças

Eu adoro observar o comportamento infantil. Com bem menos amarras sociais que nós, adultos, as crianças dão aula de como ser espontâneo e ter personalidade.

Azul, preto, branco, vermelho, desenhos, bolas... tudo junto e misturado numa alquimia perfeita, digna dos melhores stylists.

A foto que tirei em Londres dessa menina multicolorida me fez pensar nisso. Vocês se imaginam misturando estampas assim? Eu confesso que se juntasse só duas delas já teria que lidar com aquela insegurançazinha de que estão todos olhando, julgando, achando estranho.

Não tem jeito: depois de adultos, nos vestimos para os outros também. Ou seria mais para eles do que para a gente? Enfim, cada caso é um caso e cada pessoa mantém uma relação com o vestir e mais ainda com o ousar. Mas certo é que só na infância – e talvez só na primeira, porque quanto mais perto da pré-adolescência, mais influenciados pelos modismos e olhares estamos – acabamos nos vestindo para nós mesmos.

Será que essa menina leu revistas? Alguém ensinou a ela os truques de como mesclar estampas, seguindo uma harmonia de tons e formas? É bem provável que não. Por mais que ela seja influenciada por anúncios, ídolos e modismos que atingem sua geração, a combinação aparentemente desconexa, mas a um segundo olhar cheia de razão, onde tudo acaba se encaixando perfeitamente – as bolas, os desenhos, as cores e até o tênis vermelho que contrasta ainda mais com tudo! – enfim, esse mix que me chamou atenção parte do princípio de que é assim que ela se vê, é assim que se gosta, é assim que quer ser vista. E tudo isso, provavelmente, nasce de forma bem mais intuitiva do que na gente.

Porque se um dia eu quiser sair assim, reproduzindo a (des)combinação da garota, tenho certeza que serei reprovada por mim mesma, pela minha razão, pelas minhas leituras de moda que ajudam na construção do que considero meu estilo… Enfim, mesmo que eu goste dessa mistura, é mais provável que eu não tenha coragem de usá-la.

Carnaval de 1984. Na fotos, meus amigos de infância Milena, Fabiana, Tatiana, Danilo, entre primos e amigos desses. No canto, meu irmão Marcelo, de pirata. Todos produzidíssimos para o baile de Ponta Negra!

E acabo de me lembrar de uma foto que uma amiga de infância postou no facebook… Trata-se de um Carnaval em Ponta Negra, na Região dos Lagos Fluminense. Eu estava de rumbeira dourada e estava realmente uma graça. Linda! – para abandonar a modéstia.

Pois quando eu era pequena, eu era meio como essa menina que achei em Londres. Usava o que queria: brincão, muitas pulseiras, unhas coloridas… E era a única na sala de aula que fazia aquilo. Se eu me preocupava por ser diferente? Não tinha a mínima consciência disso!

Naquele Carnaval mesmo, ser rumbeira não estava bem na moda. Odalisca, havaiana e melindrosa eram bem mais in. Mas aquela rumbeira dourada… Ai, ai, como resistir…

E lembro bem da minha mãe falando naqueles tempos: “Deixa essa menina ser extravagante assim quando criança. Vai ficar uma adulta mais básica, mais normal!” Hoje rio disso. E vendo a foto da menina em Londres, penso que talvez a vida fosse bem mais divertida se tivesse restado na adulta que me tornei um pouco mais da ousadia infantil.

Bjks,

Patrícia Kolsinski

Anúncios

~ por patriciakoslinski em 2010/11/05.

3 Respostas to “O que podemos aprender com as crianças”

  1. Criança e demais, e vc tá a mais fofa..
    Bj

  2. Post após post, com textos cada vez mais legais, mais sensíveis e bem escritos. Bravo, Pat K.
    Se antes desta ida a Londres os artigos já eram uma deliciosa leitura, agora então… pura hora do recreio com o melhor que estes momentos costumavam nos proporcionar!
    Beijos,
    PatPuretz.

  3. Que linda a foto!!!!!! É sempre muito bom recordar… Obrigada e beijo grande.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: