O que podemos aprender com os homens (britânicos)

Nas minhas viagens para a Europa, sempre me impressiona como o londrino (e todo o ser que por lá mora e adquire os hábitos locais) ama a combinação de cinza com rosa. Engraçado porque aqui no Brasil nossa cultura super machista trata sempre de catalogar rosa como cor “de menina”. Pois aqui uma prova fotográfica de como cai bem em rapazes que prezam elegância.

Será que ele é...? E isso importa? Quem foi que disse que usar rosa não é coisa de homem? A combinação de cinza e rosa é uma das mais felizes do guarda-roupa masculino. E os homens londrinos nos ensinam muito bem como usá-la. Sem tabus.

Eu sempre fui fã de cinza com rosa. Lembro de um biquini que tive quando pré-adolescente. Como usei aquelas duas peças pequeninas – cortininha em cima, fio dental em baixo (sim, aderi a essa moda ousada dos anos 80! rsrsrsrs).

A primeira vez que me lembro de ter visto – e admirado – um homem vestindo rosa foi pouco depois do tal biquini, quando minha mãe começou a namorar um tal “tio João” que, mais tarde, se tornaria o querido tio João, padrasto que virou amigo, pessoa de um bom gosto despretensioso incrível.

Tio João usava camisa pólo rosa, camisa social rosa, e nunca se importou com isso. Tio Augusto, amigo dele, também não se importava com a cor e usava com desenvoltura. Em comum, ambos tinham no currículo anos vividos fora do Brasil, na borbulhante Manhattan. Tio João ainda acumulava também anos de Londres, cidade que, aliás, ensinou minha mãe a admirar, e ela fez o grande favor de me transmitir essa deliciosa herança.

Uma vez o consultor e jornalista de moda, especializado em moda masculina, Lula Rodrigues comentou durante a transmissão ao vivo, no GNT, de um desfile da Reserva que o homem brasileiro tem pudores com rosa. E, brincando, deu a dica: “diz que é salmão que ele aceita e usa”.

Fica então a dica do Lula, que admiro justamente pela sua perspectiva de realidade quando fala de moda. É assim com subterfúgios que a gente vai, de leve, abrindo os horizontes da moda para os meninos brasileiros.

Bjks,

Patrícia Koslinski

Anúncios

~ por patriciakoslinski em 2010/11/08.

Uma resposta to “O que podemos aprender com os homens (britânicos)”

  1. Pat, tão bom e reconfortante o seu texto. Muito legal!!!!Beijos orgulhosos!!!
    Cristina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: