Fashion Rio Primavera-Verão 2011 / 2012

•2011/05/30 • 3 Comentários

Hoje começa pra valer o Fashion Rio edição primavera-verão 2011-2012. Ontem já teve a edição do Rio Moda Hype, o prêmio em forma de desfile que mostra o que os novos nomes da moda andam fazendo, pensando, explorando.

A partir de hoje, você também me vê no canal GNT falando sobre os lançamentos da temporada. Todos os dias, de 19hs em diante, eu entro ao vivo, de hora em hora, mostrando o que está acontecendo no Píer Mauá e selecionando os highlights dessa edição da semana de moda mais charmosa do Brasil, que tem a Baía de Guanabara como cenário e o astral da Cidade Maravilhosa como brinde.

A Liga do Estilo que comanda a cobertura de moda no GNT: Diana Bouth, Lilian Pacce, Fernando Torquatto, Mariana Weickert e eu. Fotos: Fernando Torquatto

Aqui você sabe tudo sobre a transmissão do GNT: http://gnt.globo.com/Estilo/Noticias/Time-de-apresentadores-do-GNT-comanda-cobertura-do-Fashion-Rio.shtml

E no Provadoras S.A., meu blog no site do GNT, eu postarei minhas impressões e achados sobre o que vamos vestir a partir de setembro.

Espero vcs então na TV e na web.

Bjks

Pat Koslinski

2011 na Moda

•2011/01/04 • 5 Comentários

Ano novo, temporadas de moda brasileiras se aproximando, e a perspectiva de que tudo vai ser diferente.

Em moda, tudo muda numa velocidade impressionante. Ou pelo menos essa é a sensação. A cada seis meses vemos coisas novas nas passarelas, propostas distintas, rupturas que despertam desejos, mas supõem aflição. “Será que dou conta de tanta novidade?” “Ai… quero usar T-U-D-O!” “Mas o que quero usar de verdade?”

 

Dior Inverno 2011

Campanha Prada Inverno 2011

A substituição do velho pelo novo é o que move a indústria da moda. É o que gera o consumo. É o movimento que está na base da estrutura capitalista. Somos levados a nos cansar facilmente das coisas ainda frescas, lançadas há menos de seis meses, mas que sofrem de um certo desgaste de imagem. Desgaste esse que se potencializa nos dias de hoje com a internet. Tudo porque a novidade lançada lá na Europa ou nos EUA, logo (tipo na mesma hora) chega aqui em forma de um milhão de imagens, posts em blogs, matérias em sites, vídeos de desfiles, fotos de celebridades andando para lá e para cá com o novo hit. Ou seja, nem temos e já desejamos muito. Na prática, acaba que consumimos a imagem e, quando a tendência chega de verdade e massificada para a gente, nas lojas, estamos meio esgotados, ainda que não nos demos conta disso. Usamos um pouco e logo nos cansamos.

 

Burberry Inverno 2011

E assim o ciclo se reinicia porque, nessa hora, já desejamos o mais novo ainda. É frenético, não? E nos leva às dúvidas de sempre: o que usar, quando usar, no que apostar… Ou não leva a questionamento nenhum, com o consumo pelo consumo, sem reflexão, sem construção de um estilo pessoal. Tendência por tendência e só isso. Mais nada.

Mas alto lá! Tem mudança à vista nesse processo. Mudança, na verdade, já em andamento. Falo da reavaliação dos hábitos de consumo modernos sob o ponto de vista da sustentabilidade. Nossa fúria consumista agride o planeta e a resposta começa a aparecer nas iniciativas de reaproveitamento de roupas, resgate de peças antigas, trocas e vendas de usados e valorização do que tem História em detrimento do simplesmente novo.

Por isso, se eu pudesse eleger uma tendência que vai reger a Moda nesse ano que começa agora é a da roupa com reflexão, com consciência. Isso significa desde a valorização dos tecidos e processos têxteis que preservam ou diminuem as agressões ao meio ambiente até a postura de repensar compras e olhar com carinho para o que já se tem. Na minha opinião, essa segunda parte é a mais bacana e fácil de fazer tendo em vista o cenário atual de roupas caríssimas e peças sustentáveis ainda fora do patamar razoável de preços.

 

Estocolmo é a cidade que representa muito bem esse momento. Renata Abranchs, do blog Rio Etc e mente à frente do Bureau de Estilo que leva seu nome, apontou na palestra para as tendências outono-inverno 2011 promovida por ela ano passado que essa cidade européia é hoje a vanguarda em estilo e comportamento de moda. Lá, segundo Renata, o hábito de troca de roupas entre amigos e mesmo desconhecidos, nas lojas, se reflete no estilo criativo de seus cidadãos jovens, que prezam pelo conforto e design, sem muitas regras, com absoluta liberdade. Liberdade essa que acabaria tolhida se o universo de referências na hora de montar os looks fosse só o que as passarelas e, em última instância, as lojas oferecem.

 

 

Para se inspirar (não necessariamente gostar e usar) e exercitar a sua maneira.

Bjks e Feliz 2011!

Patrícia Kolsinski

P.S.: Queria agradecer o copy desk feito pela Andreia. Na pressa, alguns erros passaram e ela, muito gentilmente, me corrigiu em comentário privado. Obrigada, Andreia. Bjks especiais.

Bazar Bom Demais Pra Verdade agora on line

•2010/12/02 • 5 Comentários

Agora é ON LINE!

O Bazar Bom Demais Pra ser Verdade, depois de uma edição física que aconteceu em outubro e foi um sucesso, estreia sua versão na internet com peças bacanérrimas de grifes como Victor Dzenk, Cas, Animale, Farm, Maria Bonita Extra, Alessa, entre outras. Tudo é usado, mas em ótimo estado de conservação. Algumas inclusive tem etiqueta!

 

Esse look postado no Provadoras, meu blog no site do GNT, traz vestido e sandália que foram vendidos na edição física do Bazar Bom Demais Pra Ser Verdade. Já a bolsa está lá para venda no site, mas já tem fila de espera. Ela é da Layana Thomaz, designer que desfilou no Fashion Rio antes de alargar tudo para passar uma temporada em Paris e anda prometendo uma volta ao mundo da moda em formato diferente, mais autoral.

Algumas peças já tem fila de espera, mas a maioria está à disposição para ser comprada por vc! Então corre lá!

O Bazar Bom Demais Pra Ser Verdade é uma parceria minha com as também blogueiras de moda Ana Soares, do Hoje Vou Assim Off, e Julia Morales, do Nosso Armário.

E não deixe de seguir a gente no twitter: @bazarbomdemais

Bjks,

Patrícia Koslinski

Mais bazar em Minas

•2010/11/29 • Deixe um comentário

E as mineiras estão com tudo mesmo! Olha só o que Cris Guerra do Hoje Vou Assim e a multimarcas de Belo Horizonte Cupcake estão preparando para o próximo domingo…

Bazar com roupas de grifes bacanérrimas da @LojaCupcake e ainda com peças da blogueira que inspira uma legião de meninas na web, a publicitária Cris Guerra (@hojevouassim). Imperdível para quem estará em Belo Horizonte no próximo domingo.

Mais uma vez: o lugar para se ir nesse final de semana é Belo Horizonte. Boas compras, ótimas pessoas e um sotaque delicioso (não falo da comida porque estou de regime para encarar o verão! rsrsrsrs).

Boas compras.

Patrícia Koslinski

Bazar em BH

•2010/11/29 • 1 Comentário

Acabo de receber um convite que vai deixar muitas mineiras felizes e as mulheres de outros estados, com inveja. Trata-se do super bazar da loja Coven, em Belo Horizonte.

A Coven fica na Rua Aquiles Lobo, 479, no bairro Floresta, em Belo Horizonte. Eu não vejo a hora deles abrirem loja no Rio e fazerem por aqui esses bazares incríveis!!!

Eu sou fã da marca que desfilava no Fashion Rio até a edição de janeiro de 2010. Aliás, espero que ela volte logo a mostrar suas peças na semana de moda carioca.

Minha experiência em outros bazares da Coven diz que esse é imperdível. Das outras vezes, comprei peças incríveis de tricô e também de malha a preços muito convidativos.

Lá no meu blog no site do GNT, posei com looks montados a partir do que comprei no bazar da Coven em maio: esse vestido foi desfilado no Fashion Rio, esse outro bem básico, porém super útil para dias de pouca inspiração, quando tudo que a gente quer é uma peça simples e bacana, e esse de malha, com direito a cinto, numa composição feita pela própria estilista da grife, a Liliane Rebehy, especialmente para mim entre as araras da super venda.

Portanto, mineiras, não percam essa oportunidade. E quem for de fora, mas estiver na cidade entre os dias 01 e 11 de dezembro, saiba que sorte assim não se desperdiça.

Bjks,

Patrícia Koslinski

A palavra de ordem é reposicionar

•2010/11/27 • Deixe um comentário

 

Toulon, grife masculina do Rio de Janeiro, faz 40 anos renovada. Foto retirada do blog Moda Masculina em Foco, de Lula Rodrigues, que em setembro fez excelente matéria sobre os novos tempos na Toulon.

O tempo faz bem para alguns…

O mesmo acontece com um grupo de grifes que resistiu às turbulências econômicas do Brasil nas últimas décadas. Cantão e Redley foram duas que souberam dar guinadas comerciais e adaptar o estilo aos novos tempos e à nova concorrência. No caso delas, a mudança veio acompanhada também de up grade na hierarquia da moda, com ambas construindo na última década boa trajetória de participação no Fashion Rio.

A Mr. Cat é outra grife que vem trilhando esse caminho com um reposicionamento que inclui campanha com tops e parceria com Dudu Bertholini e Rita Comparato da Neon. A marca carioca de acessórios, que sempre teve seus calçados associados a conforto, começou esse ano a abrir espaço para o design mais ousado, inovador, nas cores e formas da moda. Um exemplo foi o scarpin de peixe que calçou os pés das modelos da Neon no São Paulo Fashion Week de janeiro de 2010 e que chegou às lojas para surpresa de muitos consumidores antigos da marca, anunciando os novos tempos.

O scarpin em forma de peixe da coleção de inverno 2010 da Neon inaugurou a parceria da grife com a Mr Cat e reposicionou a marca no segmento "fashion"

E aqui os oxfords coloridos dessa coleção de verão 2011 que são bem diferentes dos calçados mais tradicionais que fizeram o sucesso comercial da Mr Cat nas últimas décadas. Os modelos que propõem uma adaptação do oxford para o verão são obra da dupla Dudu Bertholini e Rita Comparato da Neon.

Pois agora é a vez da Toulon mostrar a sua virada fashion. Ela aproveita o aniversário de 40 anos para tentar se desvencilhar do estigma de grife popular e se aproximar desse novo público masculino que quer se vestir com estilo, mas sem os excessos que as tendências podem vir a oferecer. Em outras palavras, a Toulon tenta se adaptar a esse novo momento do homem brasileiro, que se preocupa em estar na moda mas sem abrir mão da roupa funcional, confortável e acessível.

A evolução em curso na grife tem à frente a nova geração da família que fundou a marca, com os primos Duda Ballesteros e Felipe Simão no comando.

Interior repaginado de uma das lojas Toulon. As primeiras a exibirem o novo projeto arquitetônico, segundo o jornalista especializado em moda masculina Lula Rodrigues, foram as do Barra Shopping, na zona oeste do Rio, e do Plaza Shopping, em Niterói.

E não tem como falar desse “novo homem” que hoje leva a Toulon a se reposicionar sem dar os devidos créditos a Oskar Metsavah. O estilista da Osklen tem papel fundamental na construção de um desejo masculino por moda. Suas camisas, tênis, jeans e camisetas vêm mostrando aos meninos que se vestir bem no dia a dia é bacana e não põe em dúvida em absoluto a masculinidade de ninguém. Sim, porque os meninos daqui tem cada preconceito…

Que o diga meu amigo e jornalista Lula Rodrigues, que sempre me conta de forma divertida como convence os homens brasileiros a vestir rosa. Basta dizer que se trata de salmão! Aliás, aqui vai o link da matéria que Lula fez em setembro sobre a mudança na Toulon. Foi de lá que retirei as duas fotos das lojas que ilustram esse post.

Então, fiquem de olho. A Toulon promete cara e roupas novas a partir de agora. E para celebrar, faz festa-show hoje no Parque Lage, no Rio de Janeiro.

Bebel Gilberto e Otto comandam hoje, sábado 27 de novembro, a festança no Parque Lage, Rio de Janeiro, para anunciar os novos tempos da agora quarentona Toulon.

Eu vou conferir tudo e depois conto aqui.

Bjks,

Patrícia Koslinski


Dica de leitura

•2010/11/24 • 2 Comentários

Acabei de receber o release de lançamento de um livro que me deu muita vontade de comprar. Trata-se da biografia de Alceu Penna, considerado por muitos o pai da alta costura no Brasil.

Alceu Penna e as Garotas do Brasil: moda e imprensa – 1933 a 1975, de Gonçalo Júnior, Editora Manole

Alceu Penna foi o primeiro e único brasileiro a publicar charges na conceituada revista americana Esquire. Entre seus outros feitos, ajudou Carmen Miranda com seus figurinos e trejeitos e ainda vestiu Marta Rocha no concurso de Miss Universo em 1954. Tudo isso sem contar os figurinos que criou para espetáculos em cassinos e no teatro carioca e para os eventos anuais de moda da Rhodia, importantes plataformas de lançamento de tendência na década de 60.

Figurinos de Alceu Penna para evento da Rhodia na década de 60.

“As Garotas do Alceu”, publicadas na Revista “O Cruzeiro”, influenciaram as meninas a partir dos anos 30. Eis a apresentação publicada na revista em 1938: ” As garotas que são a expressão da vida moderna, endiabradas e inquietas serão apresentadas todas as semanas em “O Cruzeiro” por Alceu Penna…” Bacana demais, não?!

Tudo isso aprendi lendo apenas o release. Imagine que rico não deve ser o livro que conta a história desse ilustrador, figurinista e costureiro brasileiro, precursor aqui no Brasil da Moda como comportamento, pavimentando o caminho para os estilistas nacionais que viriam a seguir.

Fica a dica. Quando eu ler o livro, conto o que achei.

Bjks,
Patrícia Koslinski